Ana Garcia
 
Com atuação, direção e produção de Herminia Mendes, Daniel Barros e Eric Valença, “Carne ou Vodka?” apresenta três diferentes histórias com três desastres recorrentes em um apresentação/instalação. Com datas agendadas no Teatro Hermilo Borba Filho nos dias 08 e 15 de maio sempre às 20h, o espetáculo discute relações de abusos, feminicídios, abandonos e outros pontos de catarse emocional.
 
Nas palavras dos produtores, “Carne ou Vodka é uma denúncia, um abuso, uma ato a se registrar, chegar no limite do risco, andar na beira do abismo ou domar leões e não esquecer o bicho homem que somos”. Quando começa, logo inicia-se uma festa, um ritual de provocações e narrativas apresentadas. Tudo em cena é escancarado com ações vividas no ápice de seu desempenho para mostrar a plateia um olhar sobre o absurdo. O que está em cena é a própria espetacularização da barbárie humana e consumida em todas mídias. 
 
Este novo espetáculo que estreia na cidade possui um trabalho de repertório e memória de cada integrante. “Carne ou Vodka” é feita de “histórias automatizadas que acordamos com elas, almoçamos com elas e vamos dormir com elas. E nós queremos desperta-los ou apenas direcionar o olhar para além do seu umbigo”, provocam. 
 
Coda Assessoria