O Museu de Arte Moderna Aloisio Magalhães (MAMAM), equipamento gerido pela Prefeitura do Recife, está com novas ofertas de oficinas para o mês de maio. Sob a orientação da educadora e pesquisadora Mariana Ratts, a atividade “Mediação Cultural e processos contemporâneos artísticos” acontece entre os dias 8 e 10 de maio. A oficina “Bordado Botânico” ocorre no dia 11 e será ministrada pelo arte-educador, artista e fotógrafo Leandro Roberto. O “Curso de Iluminação Cênica para Mulheres” será apresentado pela iluminadora Natalie Revorêdo, de 27 a 31 de maio.

 

Mediação Cultural e processos contemporâneos artísticos

 

Em três dias de encontro, a oficina pretende formentar o debate sobre mediação cultural, sobretudo em espaços expositivos de artes visuais. Serão realizadas fundamentações acerca de tais questões com os participantes, pretendendo também desencadear o diálogo sobre o trabalho do educador e suas práticas, debatendo sobre processos artísticos, educativos e curatoriais e indo a fundo também sobre o ensino de artes visuais nos museus e exposições, apresentando conceitos como: experiência, colaboração e participação.  

 

08, 09 e 10 de Maio – 14h às 18h

 

Público-alvo: Interessados/as em artes, patrimônio e cultura, estudantes de artes, educadores de museus, gelerias e centros culturais, professores de a e demais agentes envolvidos na cadeira produtiva de Artes Visuais

Valor da inscrição: R$ 100

Link para se inscrever: http://bit.ly/2UUBf8Z

 

Observação: O curso precisa atingir o número mínimo de inscritos para acontecer

 

Sobre a ministrante

Educadora e pesquisadora, Mariana Ratts dedica-se à produção de conhecimento em arte-educação nas áreas de mediação cultural e artes visuais. Seu trabalho mais recente foi como Coordenadora de Programas Educativo-culturais do Museu do Homem do Nordeste.

 

Conteúdos

 

Dia 01: Arte/educação e mediação cultural em exposições de artes/ Experiências no Nordeste e no Brasil;

Dia 02: Conceitos “colaboração”, “compartilhado” e “participação”/ Apresentação de processos curatoriais, artísticos e educativo-culturais;

Dia 03: Mediadores e propostas pedagógicas/Apresentação de materiais educativos/ Laboratório de mediação.

 

Oficina Bordado Botânico

 

Na oficina Bordado Botânico, os participantes experimentarão o bordado livre inspirando-se nas tramas e formas das folhas presentes, buscando a ativação dos sentidos corporais, iniciando com a percepção visual. A atividade, idealizada pelo Plante Uma e Cobertor de Linha, incorpora no desenho/rascunho as formas reais e imagéticas na reprodução das plantas em seus bastidores. Os participantes experimentarão com seus materiais de apoio os pontos iniciais em preenchimento e contorno do bordado, podendo abstrair para além da proposta de releitura.

 

11 de Maio – 9h às 13h

Público-alvo: adultos e jovens a partir dos 15 anos.

Valor da inscrição: R$ 110

Link para inscrição: http://bit.ly/2VIbM71

 

Observação: O curso precisa atingir o número mínimo de participantes para acontecer

 

O curso apresentará o bordado de forma simples, reproduzindo folhas e plantas com seus preenchimentos, contornos e tons, possibilitando assim o trabalhar do bordado não só com as linhas, mas com as formas presentes incorporadas ao produto final.

 

Sobre o ministrante

Leandro Roberto é bacharel em Artes Visuais, formado pela Faculdades Integradas Aeso Barros Melo. Arte-educador, ilustrador, performer, fotógrafo, experimentador das artes têxteis.

Curso de Iluminação Cênica para Mulheres: Empoderamento dos termos técnicos na prática artística

27 a 31 de maio, 15h às 18h.

Público-alvo: Mulheres, a partir dos 18 anos.

Valor da inscrição: R$ 200 

Link para se inscrever: http://bit.ly/Oficina-de-Iluminacao-MAMAM  

Ministrado pela iluminadora Natalie Revorêdo, o principal objetivo do “Curso de Iluminação Cênica para Mulheres: Empoderamento dos termos técnicos na prática artística” é promover o empoderamento dos termos técnicos na prática artística. O público-alvo são mulheres (cis, trans, diversas) a partir dos 18 anos. 

A atividade disponibilizará três vagas gratuitas, sendo uma (01) social (para mulher de baixa renda), uma (01) de autodeclaração (para candidatas indígenas e negras) e uma (01) para mulher trans. O valor do curso é de R$ 200,00 e as inscrições podem ser feitas através do link http://bit.ly/Oficina-de-Iluminacao-MAMAM .

Sobre a ministrante

Natalie Revorêdo é pesquisadora e curiosa sobre o universo do corpo, do movimento e da iluminação, se desenvolve buscando sempre o corpo e o movimento como mote para as criações de luz e vice versa. É iluminadora cênica, graduada em dança pela Universidade Federal de Pernambuco, faz parte do Farol – Atêlie de luz, foi indicada e premiada em festivais locais e integra a equipe do Sonora Olinda desde 2017.

Fonte: Secretaria de Cultura do Recife

Foto: Sol Pulquério/Divulgação