A diversidade de ritmos marca a programação da Festa de Nossa Senhora dos Prazeres, mais conhecida como a Festa da Pitomba, que começa sua 362ª edição. São mais de 30 atrações convidadas para subir ao palco, no Monte dos Guararapes, em Jaboatão dos Guararapes, para os cinco dias de festividades, com entrada gratuita para o público. Quem abre esta agenda musical marcada pela variedade, nesta quinta-feira (25) é o cantor baiano Pablo, que ficou famoso com os sucessos românticos e do ritmo arrocha, como “Porque homem não chora”.

Também na noite de abertura, shows da Banda Torpedo, Roginho e os artistas locais Fauzen Zaidan e Banda Ilíada, estes dois últimos no Polo Cultural. Na sexta-feira (26), é a vez de Troinha brilhar com seus hits do funk, como “Balança, balança”, além de Amigos Sertanejos, Eduarda Alves, Sedutora e Forró Quentinho. Sensação no brega pernambucano desde 2017, Troinha gravou DVD em janeiro deste ano, com megashow em Aldeia. O DVD contou com a participação de Dynho Alves, MC Leozinho de SP e de grupos de “passinho dos malokas”.

Já no sábado (27) é a vez de Elba Ramalho, Silvério Pessoa, Almir Rouche, Gustavo Travassos, Patusco, Turma Social e Diana Rhister. No domingo (28), o brega pernambucano tem destaque, com Kitara, Michele Melo, os MCs Tocha, Japão e Elvis, além de Vitinho Polêmico, Léo Nascimento e show infantil de Bete de Castro. A despedida ocorre apenas na segunda-feira (29), com as apresentações de Rogério Som, e o forró de Petrúcio Amorim, Nádia Maia, Irah Caldeira e Pecinho.

Segurança e infraestrutura

Para garantir à plateia pontos como segurança e infraestrutura, as secretarias municipais da Prefeitura de Jaboatão trabalharão em conjunto. Participam da festa mais de 1,8 mil profissionais, entre seguranças particulares, guardas municipais, agentes de trânsito, bombeiros, policiais civis e militares. Também foi montada uma delegacia itinerante, para funcionar durante o evento. Além disto, 60 servidores da Secretaria Municipal da Saúde se revezam com o apoio de um posto médico e três ambulâncias.

Fonte: Folha PE

Foto: Jose Britto/Folha de Pernambuco