Por: Margarida Figueiredo.
 
 Durante  um longo período de tempo Pernambuco  foi um grande atrativo para os investimentos. Um Estado que sempre foi marcado pela cultira da cana- de- açúcar, aí chegam uma Refinaria de petróleo, um pólo naval, um complexo petroquímico, também teríamos aqui uma Ferrovia ( Transnordestina), que tinha como objetivo  ligar  parte do Nordeste.O Estado de Pernambuco apresenta hoje  muitas obras paradas como as que citamos anteriormente, mas os problemas de gestão, a corrupção, os erros nos projetos, a falta de recursos e cronogramas esticados em mais de uma década. É diante desse quadro nos perguntamos como é onde encontrar alternativas para que essas obras não se transformem em esqueletos do futuro. Temos aí o caso mais crítico na questão de estouro do orçamento que é a Refinaria Abreu e Lima, que teve um investimento inicial de US$ 2,5 bilhões, para concluir as obras da Refinaria Abreu e Lima, se faz necessário buscar parcerias, mais para isso acontecer a Petrobrás precisa  se tornar  uma empresa transparente . É fazemos a pergunta é aí o que fazer?