Com um som alegre e moderno, com batidas de Reggae, Drum and Bass e influência de Xote, Gui Menezes  – Neinho, lançou na última sexta-feira (8), em todas as plataformas digitais seu novo single autoral “Quero Sorrir”.  A canção fala de energias positivas e boas vibrações, um convite pra dançar e cantar sem medidas, em casa, na rua, na academia. “Quero Sorrir é uma afirmação. Um mantra diário em forma de música que remete a liberdade, na batida, no suingue das guitarras, percussões, baixo e metais com leveza e harmonia”, explica Neinho.

Cantor, músico, empresário e produtor artístico, Gui Menezes, ou simplesmente, Neinho, é a promessa de renovação na cena local. Iniciando a carreira com o Maestro Amaro Rocha, da Orquestra Sinfônica do Recife e hoje, sob comando da Orquestra Perfil, o artista está apostando em canções autorais.

O EP, 10 músicas autorais, será lançando ao longo desse com arranjos e produção de diferentes e renomados nomes como Fábio Valois e traz romantismo e modernidade com sonoridade moderna, leve e diferente do que se toca massivamente na atualidade. Em janeiro, o artista lançou “Melhor Parte dos Meus Dias” e “Romântico e Clichê”, também disponíveis nas plataformas digitais.

A música “Quero Sorrir” conta com arranjos e direção musical de Jr. Joel, da Talos Music e foi gravado no Studio Carranca, mixado e masterizado pela Seven Life.

DEZZER – http://www.deezer.com/album/87339952

SPOTIFY  https://open.spotify.com/artist/3V4HHEM7qvIdmJ4UOeF7ao

GUI MENEZES – No currículo, Neinho traz várias atuações como, por exemplo, diretor musical do Espetáculo Viva Pernambuco Restaurante Laçador com o ator Sóstenes Vidal e Balé popular do Recife, entre os anos 2000 e 2004. Em 2005, a orquestra Perfil surgiu como “Um Novo Conceito em Orquestra” e ao longo de sua trajetória tem a honra de ter executado milhares de trilhas sonoras diferentes em eventos únicos e especiais, primando pela exclusividade e atenção aos detalhes, onde para cada evento há uma adequação de formação e de repertório dentro do PERFIL do evento. 

Dentre tantas realizações significativas, a orquestra participa do desfile do Maior Bloco do Mundo desde 2009, a comemoração dos 50 anos da TV Jornal, gravação do DVD da Orquestra Perfil, no Pátio de São Pedro, em 2008 e do CD do Galo da Madrugada “Eu quero é Frevo”, em 2010.  Em 2011, Gui Menezes fez a gravação e direção da trilha sonora do espetáculo: A menina do canto Livre de Isaltino Caetano.  Gui Menezes também é idealizador do projeto Recital do Cais, realizado no Bairro do Recife, a bordo de um catamarã, em 2016.  

Por: Angélica Souza – Lança Comunicação

Foto: Divulgação