Táxis que circulam no Recife estão autorizados a operar em bandeira 2 a partir das 6h desta sexta-feira (1º), dia da abertura oficial do Carnaval da cidade. A medida, que vale todos os anos, seguirá em vigor até as 6h da Quarta-Feira de Cinzas (6). A Autarquia de Trânsito e Transporte Urbano do Recife (CTTU) divulgou a autorização nesta quinta-feira (28).

O Convênio Táxi Metropolitano irá permitir a circulação livre de veículos de outros oito municípios da Região Metropolitana do Recife durante o período de Carnaval na Capital. Os táxis de Olinda, Igarassu, Paulista, Abreu e Lima, Camaragibe, São Lourenço da Mata, Cabo de Santo Agostinho e Jaboatão dos Guararapes aumentam em cerca de 40% a frota que circula no Recife durante o período momesco.

Pontos provisórios
A CTTU ainda irá implantar seis pontos provisórios de táxi na área central do Recife, da sexta-feira até a Quarta-Feira de Cinzas. Os pontos estarão na ponte Giratória; no cruzamento entre a avenida Martins de Barros e a ponte Maurício de Nassau; no cruzamento entre a avenida Martins de Barros e a ponte Buarque de Macedo; no cruzamento entre o Cais do Apolo e a ponte Buarque de Macedo; e no Cais Santa Rita.

O ponto de táxi provisório localizado na avenida Martins de Barros, próximo à ponte Maurício de Nassau, entra em operação na sexta, das 18h às 5h. Os demais pontos vão funcionar a partir das 18h do sábado (2) até as 5h do dia seguinte, diariamente, com término na quarta-feira. Os pontos no Cais de Santa Rita funcionarão apenas no sábado (10), das 7h às 17h, para atender o público que vai ao Galo da Madrugada.

Circulação
A CTTU alerta que apenas os táxis devidamente registrados no Recife, com ou sem passageiro, têm permissão para circular na Faixa Azul. A circulação de táxis cadastrados por outros municípios nos corredores exclusivos para ônibus pode prejudicar o objetivo principal do equipamento, que é a prioridade ao transporte coletivo, segundo a Autarquia.

Por fim, a CTTU ressalta que não é permitida a circulação de táxis nos corredores exclusivos para BRTs.

Fonte: Folha PE

Foto: Arthur Mota/Folha de Pernambuco