A Polícia Federal em Pernambuco procedeu a autuação em flagrante de três suspeitos presos por Policiais Militares lotados no 22º BPM-(Surubim-PE) de nomes: ROBERVAL BRASIL DOS SANTOS, 25 anos, auxiliar de cozinha, natural de Panelas-PE e residente em Nova Descoberta-Recife/PE-(possui antecedentes criminais por tráfico de drogas e roubo tendo mandado de prisão em aberto da Comarca de Aliança/PE),ADRIANO BEZERRA DE FREITAS, 29 anos, auxiliar de serviços gerais, natural de Recife-PE e residente em Águas Compridas-Recife/PE-(possui antecedentes criminais tráfico de drogas e porte ilegal de arma de fogo e usa tornozeleira eletrônica) e MATHEUS HENRIQUE DA SILVA, 19 anos, ambulante, natural e residente em Jaboatão dos Guararapes-PE e residente em Nova Descoberta-Recife/PE-(possui antecedentes criminais já foi preso quando era menor de idade por roubo de veículo). As prisões aconteceram por volta das 13h de ontem, dia 27/02/2019, quando policiais militares lotados no 22º BPM-(Surubim-PE), receberam a informação de que houvera um assalto na agência dos Correios de Orobó/PE que fica distante 102 quilômetros da capital pernambucana e que os bandidos haviam fugido e se dirigindo em direção a Bom Jardim/PE num veículo Eco Sport, de cor preta e placas KGP-3107 de Lagoa do Carro-PE, o qual possuía registro de roubo, ocorrido pela manhã.

De posse dessas informações foi montada uma ação policial com vistas a identificar o veículo roubado e prender os assaltantes que roubaram a agência dos correios de Orobó/PE, levaram a arma do vigilante e empreenderam fuga. A ação teve seu desfecho final quando os militares ao seguirem para Orobó/PE pela estrada do Poço Fundo já se depararam com o veículo descrito parando-o, através de um abordagem e bloqueio de sua passagem. Os militares deram ordem para que os três suspeitos desembarcassem com as mãos para o alto, porém ao abrirem a porta dois assaltantes (ADRIANO e ROBERVAL) correram e apontando um revólver para os policiais atirou contra a viatura e o efetivo vindo quase a atingir um veículo que passava naquele momento. Na progressão os policiais conseguiram prender os dois que queriam empreender fuga. ADRIANO tentou pular uma cerca e caiu, sendo capturado logo em seguida e com ele foi encontrado uma bolsa que continha a importância de R$ 45 mil reais – ele ainda tentou oferecer dinheiro aos policiais para ser liberado, sendo de pronto rechaçado.

Todos estavam de posse de arma de fogo (revólver calibre 38 com várias munições intactas e outras deflagradas). O último suspeito (MATHEUS) que estava dirigindo o veículo Eco-Sport ainda tentou enganar os policiais dizendo que havia sido feito refém pelos assaltantes, mas momento depois também puxou uma arma escondida em sua cintura e correu. ROBERVAL foi preso dentro de uma escola na sala dos professores e ao chegar mais apoio policial MATHEUS foi preso dentro de uma residência que ele havia invadido.

Ao tomar conhecimento dos fatos a Polícia Federal deslocou uma equipe para o local, no intuito de realizar as primeiras investigações e perícias, testemunhas foram ouvidas, imagens de circuito interno foram conseguidas afim de que possam subsidiar as investigações que estão em andamento e inquérito policial já foi instaurado. As investigações vão prosseguir, no sentido de identificar, localizar e prender outros possíveis integrantes desta quadrilha de criminosos que empreenderam fuga. Foram apreendidos 08 (oito) aparelhos celulares, 03 (três) revólveres calibre 38, 21 (vinte e uma) munições calibre 38, R$ 45.363,75 (quarenta e cinco mil, trezentos e sessenta e três reais e setenta e cinco centavos) em cédulas, e moedas dentro de 14 sacos plásticos. Em seus interrogatórios os presos admitiram a participação no crime e disseram ter saído de ônibus para Orobó/PE e lá roubaram um veículo e escolheram aleatoriamente a agência dos Correios que iriam assaltar.

Terminado os trabalhos ostensivos e tendo sido arrecadados os objetos do crime, os suspeitos receberam voz de prisão em flagrante e foram levados para a Sede da Polícia Federal no Cais do Apolo no Bairro do Recife Antigo, onde, após ter sido informado dos seus direitos e garantias constitucionais acabaram sendo autuados em flagrante pelo crime contido nos artigos, 157 § 2º, inciso I do Código Penal Brasileiro (roubo qualificado mediante concurso de duas ou mais pessoas) e caso sejam condenados poderão pegar penas que variam de 2 a 14 anos de reclusão, além de multa! Após a autuação, os presos serão encaminhados para realizarem Exame de Corpo de Delito no IML – Instituto de Medicina Legal e em seguida para a audiência de custódia e caso seja CONFIRMADA SUA PRISÃO PREVENTIVA serão posteriormente levados para o COTEL-Centro de Observação e Triagem Professor Everardo Luna, onde ficarão à disposição da Justiça Federal/PE.