A pior ditadura é a ditadura do Poder Judiciário. Contra ela, não há a quem recorrer”.

“As associações que reúnem juízes, promotores e procuradores da Frente Associativa da Magistratura e do Ministério Público (Frentas), intimidam o recém-eleito, presidente da república, dando a entender que ele não estaria disposto a respeitar à Constituição Federal e à institucionalidade, ainda deixa bem claro e em tom coercitivo, que este será o único caminho para o desenvolvimento de uma sociedade livre, justa e solidária, a mesma sensação foi observada no discurso do Min do STF. Os nossos leitores buscam uma melhor compreensão desta determinação que foi estampada nos jornais de grande circulação em nossa cidade, no nosso estado e país. Ao lermos a referida matéria, questionamos com todo respeito aos representantes desta instituição por que não tiveram a mesma postura ao longo desta década? Durante este período mencionado não se percebeu tanta preocupação, quanto ao respeito a constituição, o nosso país foi profundamente abalado ao ser subtraído em seus erários, proporcionando um verdadeiro golpe na DEMOCRACIA através da CORRUPÇÃO. Aliás, se tem algo que o POVO tem observado com muita atenção são as falácias propagadas por alguns intelectuais, artistas nacionais e internacionais, juristas, através dos veículos de comunicação, rádio, jornal, revistas e mídias. Não se leu ou ouviu algum tipo de ação tão enérgica, com tantos imperativos pronunciados, que coibisse a negligência de alguns gestores que já está há décadas no poder. O POVO através das urnas pôs um fim deste imbróglio, seria necessário que alguém tivesse a coragem de pelo menos propor um fim aos altos índices de Violência, em que bandidos determinam da cadeia os atentados contra o POVO. Não podemos deixar de mencionar que é através dos impostos que o POVO paga os altíssimos salários para algumas categorias de servidores, e que os mesmos deveriam prestar um melhor serviço a sociedade e não prestarem serviço com interesses obscuros, do quais chegam a denegrir as instituições e seus valores éticos e morais. Sendo assim, indaga-se por qual motivo um presidente que ainda nem assumiu o poder, deveria ser coagido de forma tão veemente no que se refere a respeitar a Constituição, afinal de contas, este presidente recém-eleito, antes de colocar seus serviços a favor da sociedade, já passa a ter forte pressão com as insinuações de antidemocrático, observa-se um viés excessivo de ALERTA, quanto a sua postura democrática, induzindo as pessoas a pensarem que ele é uma ameaça a real DEMOCRACIA, afinal de contas, até o presente momento nenhuma atitude ou palavra proferida pelo futuro presidente, insinua o desrespeito às leis, ou a constituição. Recentemente alguns políticos insinuaram pegar em armas se preciso fosse para ir às ruas e nada foi energicamente contestado com tanta robustez. Aliás, já nos alertava Rui Barbosa no Inicio da nossa República “A pior ditadura é a ditadura do Poder Judiciário. Contra ela, não há a quem recorrer”. Mas, o POVO já demostrou conhecer o poder da Democracia que emana de suas mãos. No entanto saudamos com as mais valorosas honras aos nobres juristas que através do respeito à DEMOCRACIA e de forma tênue vem coibindo a CORRUPÇÃO, em especial a turma da 13ª Vara de Curitiba: Ilmº Drº Sérgio Fernando Moro, João Pedro Gebran Neto, Victor Luiz dos Santos Laus, Leandro Paulsen, entre outros”.

FOCO:https://rubinelli.jusbrasil.com.br/artigos/310676478/a-pior-ditadura-e-a-do-poder-judiciario-contra-ela-nao-ha-a-quem-recorrer

FOCO:https://www.viomundo.com.br/denuncias/marco-aurelio-mello-a-pior-ditadura-e-a-do-judiciario.html

FONTE DA IMAGEM :https://socec.blogspot.com/2013/12/ditadura-do-poder-judiciario.html